Funbio

Funbio contratação de consultor individual para análise custo-benefício e diretrizes para a efetivação de instrumentos econômicos/financeiros para a implementação da meta de restauração florestal da Contribuição Nacionalmente Determinada (NDC, na sigla em inglês) brasileira.

O Programa Áreas Protegidas da Amazônia (ARPA), executado desde 2003 com alto grau de sucesso, é considerado o maior projeto de conservação de florestas tropicais do mundo, com o objetivo de apoiar a consolidação de 60 milhões de hectares da Amazônia brasileira em unidades de conservação (UCs).  Um grande desafio a ser enfrentado é a manutenção destas áreas no longo prazo, conforme estratégia refletida na Iniciativa Arpa para a Vida, no qual as unidades consolidadas pelo programa receberão recursos por mais 25 anos.

O Funbio abre processo e convida consultores individuais interessados em participar do processo seletivo que se manifestem até o dia 24 de Abril de 2017, enviando os seus CVs, detalhando suas qualificações para desempenhar o serviço solicitado.

Os candidatos deverão possuir nível superior (graduação ou pós-graduação) em economia, administração, políticas públicas, engenharia ou áreas correlatas.

A seleção dos candidatos se dará com base os seguintes critérios:

  • Formação acadêmica (pós-graduação, mestrado ou doutorado) em áreas correlatas
  • Experiência em projetos/trabalhos/estudos/análises/desenho de instrumentos econômicos/financeiros (mínimo exigido de 8 experiências);
  • Experiência em projetos de restauração, reflorestamento e conservação ambiental (mínimo exigido de 8 projetos);
  • Experiência em projetos de análise ou proposição de políticas públicas na área florestal (mínimo exigido de 5 projetos);
  • Experiência em análise custo-benefício e/ou viabilidade econômica (mínimo exigido de pelo menos 5 projetos);

Importante: o currículo do candidato pode ser acompanhado de uma carta de apresentação (máximo uma página) focada nas experiências relevantes do consultor. Apesar de não precisar seguir nenhum padrão específico de formato, incentivamos fortemente que o currículo contenha minimamente as seguintes informações:

1)      Formação

  • Graduação (curso, universidade e ano de conclusão);
  • Pós-graduação (curso, universidade, tema de estudo e ano de conclusão), caso houver;
  • Outros cursos (apenas aqueles relacionados com esse Termo de Referência), caso houver;

2)      Experiência comprovada em instrumentos econômicos/financeiros

  • Contratante
  • Instrumento econômico
  • Tempo (período)
  • Publicação resultante (se houver)
  • Impacto (implementação, regulamentação ou outros), caso tenha ocorrido

3)       Experiência comprovada em restauração, reflorestamento e conservação ambiental

  • Contratante
  • Instrumento econômico
  • Tempo (período)
  • Publicação resultante (se houver)
  • Impacto (implementação, regulamentação ou outros), caso tenha ocorrido

4)      Experiência comprovada em análise ou proposição de políticas públicas na área florestal

  • Contratante
  • Instrumento econômico
  • Tempo (período)
  • Publicação resultante (se houver)
  • Impacto (implementação, regulamentação ou outros), caso tenha ocorrido

5)      Experiência comprovada em análise custo-benefício e/ou viabilidade econômica

  • Contratante
  • Instrumento econômico
  • Tempo (período)
  • Publicação resultante (se houver)
  • Impacto (implementação, regulamentação ou outros), caso tenha ocorrido

6)     Disponibilidade de tempo para realizar os estudos e encontros previstos;


Somente serão analisados os CVs dos candidatos que preencham os requisitos técnicos constantes no parágrafo acima.

Nessa fase não é necessário o envio de nenhuma proposta comercial, pois o intuito é conhecer o potencial e o currículo dos candidatos interessados. Também não será divulgado o Termo de Referência (TdR) e não será elucidado possíveis dúvidas sobre o escopo dessa contratação.

O  deverão ser enviados por e-mail para maria.bernadette@funbio.org.br, identificados como “Manifestação de Interesse – instrumentos econômicos/financeiros – NOME do Consultor”.

Os recursos advêm dos acordos BR-T1287 e BR-T1293 assinados entre o BID e o Funbio para a implementação do Programa Áreas Protegidas da Amazônia (ARPA) fase II. O método de seleção empregado será o de Consultoria Individual – CI, definido nas Políticas para Seleção e Contratação de Consultores Financiadas pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento GN 2350-9.

O Funbio entrará em contato solicitando proposta somente com o candidato cuja qualificação estiver compatível com o perfil solicitado.