RE-HABITAR ARARINHA AZUL

voltar

o que é

Foto: Renato Falzoni/Save Brasil

Instituição Responsável: Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Federal de Pernambuco

O Projeto tem como principal objetivo recuperar a mata ciliar e a savana estépica, habitat da ararinha-azul (Cyanopsitta spixii), no interior da Área de Proteção Ambiental (APA) da Ararinha Azul e do Refúgio da Vida Silvestre (RVS) da Ararinha Azul.

Serão dimensionadas todas as áreas degradadas nas Unidades de Conservação alvo e o histórico de degradação será investigado, possibilitando a definição das técnicas mais adequadas para a recuperação de todas as áreas degradadas mapeadas. Parcerias com as comunidades locais serão desenvolvidas, o que garantirá a continuidade das ações de recuperação da região.

Ao final de 30 meses espera-se que 300 hectares de áreas degradadas na microbacia do riacho Melancia, sendo 150 hectares em mata ciliar e 150 hectares em caatinga, estejam em processo de recuperação, possibilitando hábitat adequado para a soltura da ararinha azul e a manutenção da espécie na sua área de vida.

Situação

Em Andamento

Bioma

Caatinga

mapa de atuação

Expandir o mapa