UCs Privadas no Âmbito do Programa Floresta Legal

back

Sobre o subprojeto

Instituição Responsável: Instituto de Desenvolvimento Socioeconômico e Conservação da Natureza – Ynamata

O projeto foi realizado em 10 municípios da região litoral Sul da Bahia, que abrange significativos remanescentes de floresta em estágio médio e avançado de regeneração, além de alguns poucos remanescentes primários. O objetivo principal foi o fortalecimento das Reservas Particulares de Patrimônio Natural (RPPNs) como estratégia de conservação da Mata Atlântica.

A iniciativa realizou a mobilização de proprietários para a criação de RPPNs, um total de 40 unidades de conservação e aproximadamente 2.600 hectares; articulação com o órgão ambiental estadual para priorização na análise e criação de 22 RPPNs, mais de 50% do previsto, cerca de 1.300 hectares.

"“O financiamento do TFCA foi um grande incentivo para aumentar a criação das Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs) na região do Litoral Sul da Bahia. Conseguimos ir a cada propriedade, de porta em porta, e mostramos por que seria bom eles criarem suas unidades de conservação. À medida que os fomos convencendo, houve uma reação em cadeia: um foi estimulando o outro. O resultado foram 22 RPPNs criadas ao longo do projeto. Hoje temos um grande mosaico de áreas protegidas na região”.

Eduardo Rocha (Instituto Ynamata)
"

Status

Completed

Starting year

2011

Biome

Atlantic Forest