23/12/2021
Status da vaga: Processo aberto

FUNBIO ABRE OPORTUNIDADE PARA ANALISTA DE PROJETOS

Perfil do candidato:

  • Formação superior completa, na área socioambiental, ambiental e/ou em áreas afins à questão indígena como biologia, geografia, engenharia florestal/ambiental, antropologia, sociologia e ciências políticas;
  • Sólida experiência profissional em gestão de projetos ambientais, desenvolvimento sustentável, conservação, populações tradicionais e indígenas (estágios poderão ser considerados);
  • Experiência em articulação institucional junto ao terceiro setor, setor privado e/ou público;
  • Conhecimento da legislação ambiental e indígena brasileira;
  • Conhecimento básico da Política Nacional de Gestão Territorial e Ambiental de Terras Indígenas (PNGATI);
  • Conhecimento na área de gestão territorial e ambiental de Terras Indígenas;
  • Conhecimentos de informática: Pacote Office; Excel (intermediário/avançado);
  • Nível intermediário da língua Inglesa;
  • Proatividade e disponibilidade para desenvolver atividades variadas necessárias a gestão de projetos, como planejamento, elaboração de documentos, acompanhamento e monitoramento de resultados, relatorias, planos de comunicação e de crises, entre outros;
  • Capacidade de realizar pesquisas, sistematização e síntese de informações e conteúdos relacionados aos temas do Programa Copaíbas e a conservação ambiental, de forma geral, e à temática indígena em particular;
  • Ter ou estabelecer residência no Grande Rio / RJ (Cidade do Rio de Janeiro ou cidades próximas);
  • Disponibilidade para viagens;
  • Dedicação exclusiva.

Principais atividades:

  • Conhecer as informações e estrutura do Programa (contratos, regras, governança, instâncias, parceiros, cronograma e orçamento), antecipando-se aos riscos e provocando as ações de forma proativa;

 

  • Realizar atividades de apoio à gestão do Programa, de forma a garantir o atingimento de seus objetivos, seus resultados globais do Programa, a execução dentro das normas e regras estabelecidas;
  • Apoiar tecnicamente o FUNBIO e as entidades parceiras dos arranjos institucionais (ex. organizações indígenas, comunidades tradicionais e outros parceiros) executores dos Programas/Projetos em campo;
  • Propiciar assessoria em governança e gestão participativa indígena ao FUNBIO, organizações indígenas e outros parceiros dos Programas/Projetos da instituição;
  • Organizar e apoiar o diálogo dos gestores dos Programas/Projetos do FUNBIO com parceiros representantes de instituições de representação indígena, instituições não governamentais ligadas ao setor indígena e comissões de trabalho públicas em instâncias governamentais, bem como com representantes do governo nos diversos níveis de representação público-institucionais;

veja o TERMO DE REFERÊNCIA