DISTRIBUIÇÃO E ADEQUALIBIDADE DE LAGARTOS NO CERRADO

Voltar

DISTRIBUIÇÃO E ADEQUALIBIDADE DE LAGARTOS NO CERRADO

Pesquisa Realizada por: Pedro Henrique Campêlo

Ano: 2018

Linha: Mudanças climáticas e conservação da biodiversidade

Bioma: Cerrado

As populações periféricas experimentam condições ambientalmente menos favoráveis que as centrais. Podendo apresentar variações em atributos populacionais, lhes conferindo maior ou menor desempenho que as demais. Portanto, entender os processos que atuam sobre a periferia é tanto de importância ecológica e evolutiva, quanto conservacionista.

O meu projeto irá estudar tais populações sob três perspectivas: Hipótese Centro-Periferia, que prevê melhor condição ambiental no centro da distribuição; populações de vanguarda e retaguarda, que prediz os locais onde a distribuição da espécie vai se expandir ou se retrair, respectivamente; e Hipótese da Variabilidade Climática, que prediz que as populações localizadas em maiores latitudes apresentam maior plasticidade fenotípica.

Para testar tais hipóteses usamos dados de registro das populações de Micrablepharus atticolus, um lagarto endêmico do Cerrado, para gerar os modelos de distribuição, bem como dados demográficos coletados tanto em campo, como tamanho populacional, tamanho corporal, massa, condição corporal, quanto em laboratório como assimetria flutuante e ecofisiologia.

Dessa forma, esperamos que os resultados corroborem as hipóteses, mostrando que a distância para o centro afeta o desempenho populacional, que o desempenho populacional é maior na vanguarda e que as populações de maior latitude apresentam maior plasticidade fenotípica.

 

Currículo Lattes

Biografia:

Sou formado em Biologia, com mestrado em ecologia e aluno de doutorado em ecologia. Na graduação tive experiência na pesquisa com sementes do cerrado, no extensionismo rural, e estudos com abelhas Euglossini. No mestrado pesquisei sobre o efeito da escala espacial sobre a coexistência de duas espécies de lagartos do Cerrado. No doutorado pesquiso sobre os processos que ocorrem no limite da distribuição das espécies, sob três perspectivas: hipótese centro-periferia, populações de vanguarda e retaguarda e hipótese da variabilidade climática.

Videos

Fotos

Biblioteca

Documento: Pedro Henrique Campelo - Projeto de Pesquisa