QUAL O PAPEL DAS ÁGUAS RASAS DE FLORIANÓPOLIS E ARREDORES NO CICLO DE VIDA DO OCTOPUS AMERICANUS?

Voltar

QUAL O PAPEL DAS ÁGUAS RASAS DE FLORIANÓPOLIS E ARREDORES NO CICLO DE VIDA DO OCTOPUS AMERICANUS?

Pesquisa Realizada por: Mariana Osório Côrtes

Ano: 2020

Linha: Conservação manejo e uso sustentável de fauna e flora

Bioma: Marinho Costeiro

Octopus americanus é a espécie de polvo mais abundante e relevante para a pesca industrial e artesanal no Sudeste e Sul do Brasil. Esta espécie foi recentemente redescrita, sendo comprovada sua diferenciação do Octopus vulgaris da Europa.

Apesar de sua grande importância ecológica e econômica, pouco se sabe sobre sua ecologia e comportamento em ambiente natural, uma vez que a maior parte do conhecimento da espécie no Brasil é derivada de dados de pescarias industriais com espinhéis de pote em profundidade a partir dos 70 metros. Ambientes rochosos e águas mais quentes são áreas importantes para o ciclo de vida de polvos, que utilizam o substrato rochoso para abrigo e para crescimento de juvenis.

Desta forma, neste trabalho, buscaremos comparar o efeito da sazonalidade e avaliar a estrutura populacional e o nicho ecológico de O. americanus nas áreas rasas de ilhas próximas de Florianópolis, onde ocorre pesca artesanal dessa espécie, e da Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, onde a pesca não é permitida. Para isso, usaremos metodologias de baixo impacto ambiental, como métodos de avaliação subaquática e mergulho autônomo, para coleta de dados ambientais e ecológicos.

Realizaremos coletas entre janeiro/2021 E janeiro/2022 no sul de Florianópolis, em ilhas próximas e na ReBio Arvoredo. Durante os mergulhos, iremos avaliar o habitat, realizar contagens e medições dos polvos encontrados, além de coletar restos alimentares ao redor das tocas para posterior identificação em laboratório.

Além disso, serão realizados questionários com pescadores artesanais na região e questionário online com praticantes de pesca subaquática em Santa Catarina. Este estudo poderá, portanto, adicionar conhecimentos valiosos sobre a ecologia e comportamento do O. americanus nas águas rasas, informações essenciais para o manejo e pesca sustentável deste recurso.

 

Currículo Lattes

Biografia:

Meu nome é Mariana Côrtes, sou bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Minas Gerais e mestranda em Ecologia pela Universidade Federal de Santa Catarina. Durante a graduação, estudei principalmente ecologia de peixes migradores em reservatórios de usinas hidrelétricas. Atualmente, estudo o comportamento de polvos através do mergulho científico. Tenho grande carinho e curiosidade pelo mar. Acredito no papel essencial da ciência cidadã na troca de conhecimentos, possibilitando a conservação e manejo sustentável de espécies marinhas.

Fotos