BOLSAS FUNBIO – CONSERVANDO O FUTURO 2020

voltar

Sobre o Programa

 

Em 2020, foram mais de 450 propostas recebidas, com 37 finais selecionadas, somando um total de R$ 1,1 milhão em apoio. Esse é o maior desde a primeira edição do Programa Bolsas FUNBIO – Conservando o Futuro.

Nessa terceira chamada, contamos com mais de 250 doutores de todo o país para o processo de seleção, desde os mais diversos campos e especialidades, que dedicaram seu tempo a fazer as avaliações que permitiram que chegássemos ao resultado final.

Nas próximas semanas a equipe do Bolsas FUNBIO estará em contato por e-mail com os pesquisadores contemplados para mais detalhes.

O FUNBIO agradece a todos os proponentes e avaliadores.

Confira a publicação do resultado.

15 de dezembro de 2020

 

Clique aqui para acessar a lista abaixo em formato PDF

 

Nome completo do pesquisador

Instituição da Pós-graduação Categoria da Bolsa Título da pesquisa

Bioma principal da pesquisa

Adriane Maciel de Araújo Instituto Nacional de Pesquisas da
Amazônia
Mestrado Sistemática integrativa das espécies brasileiras de Scaphyglottis
(Laeliinae, Orchidaceae)
Amazônia
Ana Carla Rodrigues Universidade Federal de Alagoas Doutorado VALORAÇÃO DOS SERVIÇOS ECOSSISTÊMICOS ADVINDOS DAS
AÇÕES DE MANEJO COMUNITÁRIO DO PIRARUCU (Arapaima
spp.) NA AMAZÔNIA
Amazônia
Ana Flávia Boeni Escola Superior de Agricultura “Luiz de
Queiroz” (ESALQ/USP)
Doutorado PROVISÃO DE SERVIÇOS ECOSSISTÊMICOS PELA REGENERAÇÃO
NATURAL ASSISTIDA E POR DIFERENTES USOS DO SOLO
Mata Atlântica
Andreia Silva de Alcantara Universidade Federal da Bahia Doutorado O CAMPESINATO NO MUNICÍPIO DE IRARÁ/BA – POSSIBILIDADES
E PESPECTIVA PARA A IG DA FARINHA DE MANDIOCA
Caatinga
Ariane Tonetto Vieira Universidade Federal do Rio Grande do Sul Doutorado O papel da poliploidia na biogeografia, adaptação e
diversificação de plantas: Herbertia Sweet (Iridaceae) como um
modelo para o Bioma Pampa
Pampa
Arielson dos Santos Protázio Universidade Federal da Paraíba Doutorado Integrando ecofisiologia e mudanças climáticas na identificação
de variação acústica e predição de risco de extinção de anuros na
Caatinga.
Caatinga
Beatriz Zachello Nunes Universidade Federal do Rio Grande Doutorado Áreas Marinhas Protegidas sob ameaça da contaminação: uma
avaliação
Marinho Costeiro
Bruno Henrique dos Santos
Ferreira
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Doutorado EFEITO DE REGIMES DE FOGO PARA RESTAURAÇÃO DA
DISPONIBILIZAÇÃO DE FLORES E FRUTOS PARA A FAUNA EM
AMBIENTES INUNDÁVEIS EM TERRA INDÍGENA
Pantanal
Cacilda Michele Cardoso Rocha Cela Universidade Federal de Alagoas Doutorado  Peixes Recifais Herbívoros: Pesca & Conservação no Antropoceno Marinho Costeiro
Camila Armani do Souto Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) Mestrado Áreas prioritárias para a conservação da Preguiça-de-coleira ao
norte de sua distribuição, com enfoque na restauração da
conectividade entre fragmentos
Mata Atlântica
Carla Zoaid Alves dos Santos Universidade Federal de Sergipe Doutorado GESTÃO FLORESTAL SUSTENTÁVEL SOB A PERSPECTIVA DA BACIA
HIDROGRÁFICA COMO UNIDADE DE PLANEJAMENTO
Mata Atlântica
Carolina Neves Souza Universidade Federal de Alagoas Doutorado CONHECER PARA PROTEGER? O PODER DAS MÍDIAS SOCIAIS NA GOVERNANÇA DE ÁREAS PROTEGIDAS Mata Atlântica
Elenice Aparecida Fortes Universidade Estadual de Campinas Doutorado Catalogação e conservação da biodiversidade da Amazônia:
estudando Eperua Aubl. (Leguminosae), um gênero de madeiras
resistentes e duráveis
Amazônia
Élida Monique da Costa Santos Universidade Federal de Alagoas Doutorado Conservação biocultural de Myrciaria floribunda (H. West ex
Willd.) O. Berg e Psidium guineense Sw.: contribuições
ecológicas, socioeconômicas e comportamentais
Mata Atlântica
Flávia dos Santos Tavares Universidade Federal do Pará Mestrado Manejo e Conservação de Peixes-boi: uma abordagem genética e
evolutiva
Amazônia
Gabriel Izar Mendes Universidade Federal da Bahia – Centro
Interdisciplinar de Energia e Ambiente
(UFBA-CIENAM)
Doutorado Padrões de acumulação de pellets em praias arenosas, seus
impactos na macrofauna bentônica e sua utilização como
ferramenta de descontaminação de água
Marinho Costeiro
Gabriela de Araújo Porto Ramos Universidade Federal de Juiz de Fora Doutorado Etologia aplicada à conservação de papagaios do gênero
Amazona: avaliação do temperamento, treinamentos
comportamentais pré-soltura e abordagens etnozoológicas
Mata Atlântica
Gabriela Mota Gama Universidade Federal de Minas Gerais Doutorado Ecologia aplicada à conservação e manejo de jacarés-de-papoamarelo (Caiman latirostris) no Estado de Alagoas. Mata Atlântica
Igor Daniel Bueno Rocha Universidade de Brasília Doutorado Aplicação de metagenômica viral na conservação de morcegos
nectarívoros de áreas urbanas e naturais
Cerrado
Ingrid Naiara Gomes Universidade Federal de Minas Gerais
(UFMG)
Doutorado Interações entre abelhas nativas e plantas: avaliação das
características paisagísticas para a conservação das espécies e
serviços ecossistêmicos em espaços verdes urbanos.
Cerrado
Ivo Raposo Gonçalves Cidreira Neto Universidade Federal de Pernambuco Doutorado ENTRE RIO E MAR: a pesca artesanal do marisco (Anomalocardia
flexuosa, LINNAEUS, 1767) e suas implicações para gestão
pesqueira
Marinho Costeiro
João Luiz de Caires Souza Universidade Federal do Estado do Rio de
Janeiro (UniRio)
Mestrado Unindo ecologia de ecossistemas e ecologia de paisagens: uma
abordagem experimental para entender a produção secundária
de girinos em áreas fragmentadas
Mata Atlântica
Juliana Nascimento Neres Universidade Federal da Bahia Doutorado Avaliação do teor de clorofila nos manguezais da Baía de Todos
Santos: um diagnóstico ambiental
Marinho Costeiro
Kelley Rita Przybyzewski Universidade Federal de Mato Grosso Doutorado Está o agronegócio empurrando o Cerrado por sobre a
Amazônia? Savanização, perda da diversidade beta e importância
das Reservas Legais no ecótone Amazônia-Cerrado
Amazônia
Lucas Assumpção Lolis Universidade Federal da Bahia Doutorado Efeito de octocorais não nativos no Atlântico Sul sobre a
biodiversidade de espécies bentônicas e avaliações para
estratégias de manejo
Marinho Costeiro
Marcio Port Carvalho Jardim Botânico do Rio de Janeiro Doutorado Ecologia e conservação do sagui-da-serra-escuro (Callithrix aurita É. Geoffroy Saint Hilaire 1812) nas Unidades de Conservação do
contínuo Cantareira e fragmentos particulares na região metropolitana de São Paulo
Mata Atlântica
Mariana Osório Côrtes Universidade Federal de Santa Catarina Mestrado O polvo comum brasileiro, uma nova espécie, um novo olhar:
qual o papel das águas rasas da Ilha de Santa Catarina e
arredores no ciclo de vida do Octopus aff vulgaris do Brasil?
Marinho Costeiro
Natália Dallagnol Vargas Universidade Federal do Rio Grande do Sul Doutorado O que a ecofisiologia de duas espécies ameaçadas de anfíbios da
Mata Atlântica pode nos dizer sobre suas distribuições
geográficas atuais e futuras diante às mudanças climáticas e
quais os impactos para sua conservação?
Mata Atlântica
Nathália Rodrigues Corrêa da
Silva
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro Mestrado Biorremediação de Lagoas Costeiras Eutrofizadas: Potenciais
Espécies e Implicações à Biodiversidade
Marinho Costeiro
Nathalie Maria Loureiro da Cruz Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do
Rio de Janeiro
Doutorado “Respostas e Efeitos de espécies arbóreas em projetos de
restauração ecológica: uma abordagem da ecologia funcional.”
Mata Atlântica
Paula Damasceno Gomes Faculdade de Agronomia e
Veterinária/Universidade de Brasília
Mestrado Inquérito sorológico, molecular e fatores de risco de doenças
infecciosas de animais domésticos em populações de Chrysocyon
brachyurus (Carnivora: Canidae) no Oeste baiano.
Cerrado
Pedro Gargur dos Santos Coroa Universidade Federal de Sergipe Doutorado Avaliação da efetividade de lagoas marginais no trecho final do
médio São Francisco, estado da Bahia
Caatinga
Ricardo Montianele de Castro Universidade Federal de Juiz de Fora Doutorado Serviços ecossistêmicos e uso sustentável da palmeira nativa
“Macaúba” (Acrocomia aculeata) em sistema agrosilvipastoril na
Zona da Mata Mineira.
Mata Atlântica
Samara Bezerra Almeida Universidade Federal do Rio Grande do
Norte
Doutorado A ontogenia e estrutura vocal da ariranha em duas importantes
bacias hidrográficas do Brasil
Amazônia
Tássia Karina Alexandre de
Medeiros
Fundação Universidade Federal de
Rondônia
Doutorado PRÁTICA SILVICULTURAL PARA PRODUÇÃO DE FRUTOS DA
CASTANHEIRA (Bertholletia excelsa BONPL): EFEITOS E
RECOMENDAÇÃO.
Amazônia
Tauany Aparecida da Silva Santa
Rosa Rodrigues
Universidade Federal do Rio de Janeiro Doutorado Efeito das mudanças climáticas no papel da invasão biológica em
ecossistemas aquáticos continentais.
Mata Atlântica
Tulaci Bhakti Faria Duarte Universidade Federal de Minas Gerais Doutorado A configuração urbana e sua relação com a infraestrutura verde para a manutenção de aves no limite entre dois biomas Mata Atlântica

O Programa Bolsas FUNBIO – Conservando o Futuro é uma iniciativa criada para apoiar pesquisas de campo de estudantes de mestrado e doutorado que fazem parte de quatro eixos temáticos: Conservação, manejo e uso sustentável de fauna e flora; Gestão territorial para a proteção da biodiversidade; Mudanças climáticas e conservação da biodiversidade; Recuperação de paisagens e áreas degradadas. Em 2021, o programa conta com o apoio da Eurofins Foundation.

Desde sua primeira edição, em 2018, conta com o apoio do Instituto Humanize. O programa atualmente apoia 97 cientistas de mais de 35 instituições de ensino em todos os biomas brasileiros. Mais de 60% dos estudos têm mulheres à frente. Entre os resultados proporcionados pelo apoio estão a descoberta de novos grupos de animais que estão em perigo de extinção, o registro de novas espécies e a geração de dados antes desconhecidos sobre aquecimento global e corais no estado do Rio de Janeiro.

A cada ano, a chamada é lançada em 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente e aniversário do FUNBIO.

 

“Em dois anos, o Programa Bolsas FUNBIO – Conservando o Futuro apoiou 60 projetos em todas as regiões do país. Fomentar pesquisas de campo é assegurar uma parte fundamental do conhecimento ligado à conservação da biodiversidade. Nesse período, entre outros resultados, houve descobertas e novos dados sobre espécies em extinção e foram feitos experimentos relacionados à bioeconomia. São dados que contribuirão de modo prático para a resolução dos muitos desafios enfrentados pela conservação ambiental no país.”

Rosa Lemos de Sá, Secretária-Geral do FUNBIO

 

“Nós acreditamos no potencial transformador do conhecimento e na importância do seu papel na construção de um mundo melhor. Os excelentes resultados do programa de Bolsas do FUNBIO nos deixa extremamente motivados a seguir apoiando a iniciativa de fomento à pesquisa — inclusive em questões relacionadas à Amazônia, onde a geração de conhecimento é tão necessária e urgente, e na formação de profissionais comprometidos com a temática socioambiental.”

Georgia Pessoa, Diretora-Executiva do Instituto Humanize

 

Situação

Concluído

Bioma

Marinho Costeiro, Pampa, Amazônia, Cerrado, Pantanal, Mata Atlântica, Caatinga

37

bolsistas apoiados

26

mulheres

11

homens

30

doutorandos

7

mestrandos

23

instituições

17

estados + DF

Parceiros

Nome da empresa