PLANO DE MONITORAMENTO DO LIXO MARINHO EM SP

voltar

O que é

Segundo relatório de 2018 da Ocean Conservancy, cerca de 2 milhões de bitucas de cigarro, 1,7 milhão de embalagens de comida e 1,5 milhão de garrafas plásticas foram recolhidas nas praias pelo mundo inteiro. Esses são apenas alguns exemplos da poluição dos mares, um problema que cresce anualmente no Brasil e no exterior.

E em São Paulo não é diferente. O crescimento demográfico da costa oscila de 2% a 6%, o que gera aumento de resíduos lançados ao mar. Outros fatores que corroboram para esse aumento são as atividades da indústria e do comércio nas regiões costeiras.

Para combater o lixo marinho em São Paulo, o FUNBIO, em parceria com a Embaixada da Noruega, vai implementar o projeto “Construindo conhecimento para o combate ao lixo marinho: plano de monitoramento e avaliação do lixo marinho no estado de São Paulo, Brasil”. A iniciativa tem execução de dois institutos da USP: o de Estudos Avançados e o Oceanográfico.

O objetivo do projeto é estruturar uma base de conhecimento para combater o lixo marinho em São Paulo, bem como apoiar o estabelecimento de um processo integrado de produção e compartilhamento de informações sobre o tema. A iniciativa também cria oportunidades de aprendizagem coletiva, considerando tomadores de decisão, ONGs, setor privado e academia.

Situação

Em Andamento

Bioma

Marinho Costeiro