RESTAURAÇÃO PARTICIPATIVA NO PARNA DA CHAPADA DIAMANTINA

voltar

O QUE É

Foto: Marizilda Cruppe/FUNBIO

Instituição Responsável: ProScience

 

O objetivo do projeto é restaurar ecologicamente áreas degradadas no interior e no entorno do Parque Nacional da Chapada Diamantina em um processo de construção coletiva e de troca de conhecimentos com comunidades e instituições locais.

Para isso, foram divididas 3 zonas de execução do projeto considerando suas peculiaridades e geografia: Mata Atlântica Sudoeste, abrangendo Capão do Correia, Caraíbas, Fazenda Ibicoara e Campo Alegre; Assentamentos de Itaetê, abrangendo o Assentamento Baixão; e Gerais do Parque, abrangendo os Gerais do Vieira e os Gerais do Morrão, dentro do Parque Nacional.

Ao todo, serão restaurados 75 hectares distribuídos nas localidades abrangidas em um prazo de 30 meses. As diversas técnicas que podem ser aplicadas na restauração serão decididas de forma participativa durante a construção coletiva dos planos de ação do projeto, implantando-as posteriormente unidades amostrais para avaliação das metodologias.

Durante a execução deste projeto, serão realizadas capacitações e orientações técnicas para os beneficiários em boas práticas agroflorestais. E todo o projeto, com suas ações e resultados, será divulgado para públicos diversos.

Situação

Em Andamento

Bioma

Caatinga

mapa de atuação

Expandir o mapa