PROJETO CORAL-SOL

voltar

O que é

Foto: BrBio

 

Nos anos 1980, corais do gênero Tubastraea spp  foram registrados pela primeira vez no Brasil, em plataformas de petróleo na Bacia de Campos. Espécies invasoras são consideradas uma das principais ameaças à diversidade e ao funcionamento dos ecossistemas marinhos. Ao colonizarem novos ambientes,  podem modificar a estrutura das comunidades marinhas e afetar diretamente a cadeia produtiva. Hoje, o coral-sol encontra-se amplamente distribuído e em expansão na costa brasileira.  É um hábil invasor, de reprodução precoce e rápido crescimento.

O projeto O Controle do Coral-Sol e a Conservação Marinha visa a aprimorar os métodos de manejo e realizar ações de monitoramento e educação ambiental no estado do Rio de Janeiro, região de maior contaminação no Brasil. Pretende-se avaliar metodologias de manejo em três regiões do estado e monitorar a distribuição do coral-sol e seus efeitos sobre as comunidades no fundo dos oceanos, assim como avaliar o risco em áreas ainda não infestadas pela espécie.

Além disso, o projeto, liderado pelo Instituto Brasileiro de Biodiversidade, também busca promover a sensibilização e participação da sociedade no controle do coral-sol, por meio de palestras e oficinas de capacitação para gestores ambientais e mergulhadores e de exposição itinerante.

Situação

Em Andamento

Ano início

2016

Bioma

Marinho Costeiro

mapa de atuação

Local onde acontece o Projeto Coral-Sol

Expandir o mapa