PROJETO TERRA DO MEIO

voltar

O que é

O Projeto Terra do Meio tem a missão de contribuir com a redução do desmatamento e com a conservação da biodiversidade da região Amazônica, a partir do apoio à consolidação de onze unidades de conservação na região denominada Terra do Meio. Localizada na porção central do sul do estado do Pará, a região sofre com três grandes frentes de pressão antrópica: a rodovia Altamira-ltaituba (uma secção da Transamazônica) ao norte, a rodovia Cuiabá-Santarém (BR-163) a oeste e a mais exposta fronteira agrícola do bioma Amazônico, ao sudeste. O mosaico é parte de um vasto território de áreas protegidas contíguas, que abrange 28 milhões de hectares, e que faz da região o 2º maior corredor de biodiversidade do Brasil.

O aporte inicial de € 6.840.000, doados pela União Européia, serão gerenciados pelo FUNBIO. Este recurso será utilizado, principalmente, para apoiar aos conselhos gestores, planos de manejo e proteção, compra de equipamento, monitorar o uso de recursos naturais e ajudar a implementar estratégias de desenvolvimento local sustentável. O projeto é coordenado pelo MMA e executado pelo ICMBio e SEMA/PA.

A execução do projeto teve início em julho de 2012 com a estruturação do arranjo institucional, a elaboração da sua estratégia de conservação e investimento; e a capacitação dos gestores das UCs contempladas nos seus instrumentos de execução.

As oficinas de planejamento foram realizadas em Belém e Altamira (PA) e contaram com a participação de mais de 30 representantes do Governo Federal (MMA e ICMBio), Governo estadual do Pará (Sema-PA), Funbio, Serviço Florestal Brasileiro e Universidade de Brasília. Durante estes eventos foram apresentados o marco legal e o status da gestão integrada de Unidades de Conservação no Brasil; realizada uma avaliação das condições de implementação das onze UCs apoiadas, e suas respectivas metas de consolidação; e discutida a metodologia de implementação do projeto.

Durante os 33 meses de duração serão beneficiadas 11 unidades de conservação, na região contemplada pelo projeto estão situadas 19 terras indígenas e 10 UCs da bacia hidrográfica do rio Xingú. As UCs apoiadas pelo projeto constituem uma parte dos 28 milhões de hectares de terras contíguas de áreas protegidas.

situação

Concluído

Ano início

2012

biomas

Amazônia