RESTAURAPA – RESTAURAÇÃO ECOLÓGICA NA APA DO IBIRAPUITÃ: INTEGRAÇÃO SOCIAL E CIENTÍFICA PARA A CONSERVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE DO BIOMA PAMPA

voltar

Descrição do projeto

Foto: Alexandre Ferrazoli/FUNBIO

Instituição Responsável: Sociedade Porvir Científico

 

O projeto tem como objetivo a restauração de 1700 hectares de vegetação nativa do bioma Pampa, além de um planejamento sistemático para a gestão territorial e desenvolvimento sustentável da Área de Proteção Ambiental (APA) do Ibirapuitã.

Para o alcance dos resultado esperado, o projeto é estruturado em seis objetivos específicos:

  1. 1. Sensibilizar o Conselho Gestor da APA e os proprietários rurais sobre a importância do projeto e promover a adesão das propriedades rurais;
  2. Implementar a restauração, através de ações integradas da equipe executora e dos proprietários rurais, utilizando técnicas de monitoramento biológico e manejo da vegetação campestre;
  3. Implantar unidades de referência (UR) em propriedades rurais e em corredores (vias públicas e particulares) através de métodos de manejo para restauração de áreas campo nativo com diferentes graus de infestação de capim-annoni na APA do Ibirapuitã;
  4. Monitorar o processo de restauração da vegetação campestre nas áreas sob manejo das URs e corredores;
  5. Planejamento sistemático para a gestão territorial e desenvolvimento sustentável da APA do Ibirapuitã;
  6. Acompanhamento do projeto, divulgação, capacitação e troca de experiências sobre manejo, conservação e restauração do campo nativo em áreas degradas pelo capim-annoni nas URs, através da realização de eventos, materiais de apoio, relatórios e reportagens.

Situação

Em Andamento

Bioma

Pampa