Conservação da toninha no litoral norte do Rio Grande do Sul

voltar

O que é

Foto: acervo GEMARS

 

A captura acidental da toninha durante atividades pesqueiras é o principal problema de conservação da espécie ao longo de toda a sua distribuição. O projeto “Conservação da toninha no litoral norte do Rio Grande do Sul: integrando pesquisa e o conhecimento das comunidades pesqueiras” visa gerar informações atualizadas sobre o tamanho da população, áreas preferenciais de ocupação e níveis de mortalidade da espécie no litoral norte do Rio Grande do Sul (FMA III).

Além disso, o projeto visa caracterizar a dinâmica das atividade pesqueiras, bem como entender as características socioeconômicas das comunidades envolvidas, e a partir dessas informações, em conjunto com pescadores e pescadoras, tomar medidas que possam tornar a atividade pesqueira mais sustentável na região.

Para a realização do projeto, o GEMARS conta com a cooperação da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS).

A iniciativa tem o apoio do Projeto Conservação da Toninha, que tem o Funbio como gestor financeiro.

Situação

Em Andamento

Ano início

2018

Bioma

Marinho Costeiro