Chamada Bolsas FUNBIO - Conservando o Futuro FAQ Bolsas FUNBIO - Conservando o Futuro
Respostas Bolsas FUNBIO - Conservando o Futuro
 

A partir de hoje, 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, estão abertas as inscrições para a edição 2020 do programa Bolsas FUNBIO – Conservando o Futuro, iniciativa do FUNBIO que desde o lançamento, em 2018, conta com a parceria do Instituto Humanize. Ao todo, R$ 1 milhão será destinado à iniciativa. O programa já beneficiou 60 projetos e apoiará pesquisas de campo com bolsas nos valores de até R$ 20 mil para mestrandos e até R$ 38 mil para doutorandos.

 

Confira o regulamento, acesse a ficha de inscrição nesta página. Caso tenha dúvidas, consulte o FAQ. Serão respondidas apenas perguntas enviadas por meio do formulário disponibilizado.

 

Os trabalhos deverão estar relacionados a um dos seguintes eixos temáticos:

1. Conservação, manejo e uso sustentável de fauna e flora;

2. Recuperação de paisagens e áreas degradadas;

3. Gestão territorial para a proteção da biodiversidade;

4. Mudanças climáticas e conservação da biodiversidade.

 

Um comitê de especialistas avaliará as propostas, que deverão ser enviadas por meio do formulário, disponível até às 23:59 do dia 2 de agosto. O processo seletivo do programa Bolsas FUNBIO – Conservando o Futuro é composto por 3 etapas, consecutivas e eliminatórias: (i) inscrição e enquadramento (ii) análise do projeto, cartas de recomendação e demonstração de interesse (iii) classificação final das melhores propostas.

A divulgação dos resultados está prevista para dezembro. Eles serão disponibilizados na página do Programa Bolsas FUNBIO e anunciados pelas redes sociais.

 

 “Em dois anos, o Programa Bolsas FUNBIO – Conservando o Futuro apoiou 60 projetos em todas as regiões do país. Fomentar pesquisas de campo é assegurar uma parte fundamental do conhecimento ligado à conservação da biodiversidade. Nesse período, entre outros resultados, houve descobertas e novos dados sobre espécies em extinção e foram feitos experimentos relacionados à bioeconomia. São dados que contribuirão de modo prático para a resolução dos muitos desafios enfrentados pela conservação ambiental no país.”

Rosa Lemos de Sá, Secretária-Geral do FUNBIO

 

“Nós acreditamos no potencial transformador do conhecimento e na importância do seu papel na construção de um mundo melhor. Os excelentes resultados do programa de Bolsas do FUNBIO nos deixa extremamente motivados a seguir apoiando a iniciativa de fomento à pesquisa — inclusive em questões relacionadas à Amazônia, onde a geração de conhecimento é tão necessária e urgente, e na formação de profissionais comprometidos com a temática socioambiental.”

Georgia Pessoa, Diretora-Executiva do Instituto Humanize

 

 

Parceiros

60

BOLSISTAS

33

MULHERES

27

HOMENS

49

DOUTORANDOS

11

MESTRANDOS

31

INSTITUIÇÕES

18

ESTADOS + DF

Mais Bolsas